Memoria do Holocausto: 72º Aniversário da Liberação de Auschiwtz

27/01/2017

 

A ICEJ Brasil vem por meio desta prestar homenagens às vítimas do Holocausto, no dia em que o mundo se recorda da liberação de Auschwitz.  Por mais que alguns tentassem apagar esta barbárie da memória, ao querer anular as provas, é impossível a historia ser apagada.

 

Somos solidários aos sobreviventes, e a todos os seus familiares, que ainda após 7 décadas, sofrem sem esquecer dos horrores de Auschwitz. No dia 27 de Janeiro de 1945, o exército soviético chegou ao campo nazista e constatou que cerca de 1,1 milhões de judeus haviam morrido em suas instalações.

Sobreviventes participaram de cerimônia nesta quarta-feira (27) que marcou o 72º aniversário da liberação do campo de concentração e extermínio de Auschwitz, na Polônia. O local foi feito museu e memorial e só no ano de 2014, recebeu mais de 1,4 milhões de visitantes.

 

Na historia da humanidade, esse foi o maior e mais mortífero campo de concentração e de extermínio nazista e o único preservado tal como foi abandonado pelos alemães que fugiram do Exército Vermelho. Outros campos de concentração nazistas na Polônia, como Sobibor, Treblinka ou Belzec, foram destruídos completamente pelos alemães para eliminar as provas.

 

Somos divulgadores e defensores da verdadeira historia do povo de Israel.

 

A diretoria da ICEJ

 

 

 

Please reload

Please reload

Arquivo

A liberdade religiosa é uma pedra fundamental na democracia em Israel

02/12/2019

1/10
Please reload

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Please reload

© 2016 ICEJ - EMBAIXADA CRISTÃ INTERNACIONAL DE JERUSALÉM