Presidente Bolsonaro diz que decidiu exonerar Alvim “por amor a Israel”


O Presidente da República Jair Bolsonaro afirmou nesta manhã que decidiu exonerar o imediatamente o secretário especial da Cultura, Roberto Alvim, “pelo amor que tem a Israel”.

As palavras foram ditas pelo presidente ao deputado federal Otoni de Paula (PSC-RJ) em uma audiência no Planalto que aconteceu há pouco.

— Bolsonaro me disse que não pode admitir isso, ainda mais no governo dele que é aliado de Israel. O presidente disse que iria exonerar o secretário por amor e respeito a Israel. — relatou Otoni de Paula.

Alvim copiou uma citação do ministro de propaganda da Alemanha nazista, Joseph Goebbels, em um pronunciamento veiculado ontem. O vídeo foi divulgado para anunciar o Prêmio Nacional das Artes, projeto no valor total de mais de R$ 20 milhões.

6 visualizações

© 2016 ICEJ - EMBAIXADA CRISTÃ INTERNACIONAL DE JERUSALÉM