top of page

Hanukkah: Uma Celebração de Luz e Esperança

castical-de-hanukkah.jpg

Hanukkah, também conhecida como a Festa das Luzes, é uma festividade judaica que celebra a dedicação do Templo de Jerusalém e a miraculosa durabilidade do azeite na época do Segundo Templo. Essa comemoração tem uma história rica e lições valiosas, proporcionando uma oportunidade única para reflexão e aprendizado.

A história de Hanukkah remonta ao século II a.C., quando o povo judeu, liderado pelos Macabeus, revoltou-se contra o domínio grego selêucida. Após a vitória, ao purificarem o Templo profanado, descobriram apenas uma pequena quantidade de azeite sagrado suficiente para acender a menorá por um dia. Surpreendentemente, o azeite durou oito dias, simbolizando a intervenção divina e a restauração da fé.

Hanukkah é comemorada durante oito noites, começando no 25º dia do mês judaico de Kislev. O ritual central é a iluminação progressiva das velas de uma menorá, adicionando uma a cada noite. Além disso, as pessoas se reúnem para orações, cantos, jogos com o pião chamado "dreidel" e desfrutam de alimentos fritos, como latkes (panquecas de batata) e sufganiyot (rosquinhas).

Hanukkah oferece uma oportunidade aprendermos uns com os outros e compartilharmos valores de esperança, resistência e fé. À medida que acendemos as velas da menorá, podemos nos inspirar a trazer mais luz ao mundo, assim como diz em Mateus 5:14-16:

“Vós sois a luz do mundo. Uma cidade edificada sobre um monte não pode ser escondida. Igualmente não se acende uma candeia para colocá-la debaixo de um cesto. Ao contrário, coloca-se no velador e, assim, ilumina a todos os que estão na casa. Assim deixai a vossa luz resplandecer diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras e glorifiquem o vosso Pai que está nos céus.”

bottom of page