top of page

Três militantes que violaram o acordo de cessar-fogo foram eliminados na Faixa de Gaza

F93swJdXYAAFKdw.jpg

Em 28 de novembro, as Forças de Defesa de Israel (FDI) anunciaram a eliminação de três militantes na Faixa de Gaza, que violaram o cessar-fogo em dois incidentes distintos. O porta-voz das FDI, contra-almirante Daniel Hagari, alertou os israelenses sobre a fragilidade da calmaria, enfatizando a necessidade de aderir rigorosamente às instruções da Direção de Retaguarda para preservar vidas.

“Na última hora, três dispositivos explosivos foram detonados em dois incidentes diferentes no norte da Faixa de Gaza, perto das forças das FDI, em violação do acordo de cessar-fogo. Após o ataque, vários combatentes ficaram levemente feridos. Em resposta, os combatentes abriram fogo contra os atiradores. Em ambos os casos, as forças das FDI permaneceram dentro das linhas de cessar-fogo acordadas" – Comunicado das Forças de Defesa de Israel (FDI)

Os confrontos envolveram a detonação de dispositivos explosivos próximos às forças das FDI, resultando em ferimentos leves em combatentes. Enquanto as FDI alegam permanecer dentro das linhas do cessar-fogo, o Hamas acusa violações por parte de Israel. Além disso, as FDI informaram que 159 pessoas capturadas por militantes do Hamas em Israel ainda estão detidas na Faixa de Gaza, destacando a complexidade e as tensões persistentes na região.

bottom of page