'Retornamos tratamento equilibrado às questões do Oriente Médio', diz Bolsonaro ao chegar a

O presidente Jair Bolsonaro chegou a Israel na madrugada deste domingo (31) para visita oficial de quatro dias e afirmou que pretende fortalecer a parceria do Brasil com os israelenses. "Felizmente retornamos o tratamento equilibrado às questões do Oriente Médio", discursou Bolsonaro durante cerimônia de boas-vindas, em Tel Aviv, ao lado do premiê Benjamin Netanyahu – um de seus principais aliados externos. "Meu governo está firmemente decidido a fortalecer a parceria entre Brasil e Israel. A amizade entre nossos povos é histórica. Tivemos um momento de afastamento, mas Deus sabe o que faz, e voltamos", disse Bolsonaro. Fonte: globo.com

"Brasil e Israel, juntos podemos alcançar grandes feitos", afirmou Bolsonaro.

No primeiro discurso após chegar para a visita de quatro dias a Israel, o presidente da República Jair Bolsonaro (PSL) afirmou que pretende fortalecer a parceria entre os países. Ele aterrissou por volta das 4h de hoje no aeroporto Internacional Ben Gurion, perto de Telaviv e foi recebido pelo primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu. "Eu e meu amigo Netanhayu queremos aproximar nossos povos, nossos militares, nossos estudantes, nossos cientistas, nossos empresários e nossos turistas. (...) Os israelenses e os brasileiros compartilham valores, tradições culturais, apreço à liberdade e à democracia. Juntas, nossas nações podem alcançar grandes feitos. Temos que explorar esse potencial

Governo Bolsonaro: Em quebra histórica de tradição diplomática, presidente visitará Muro das Lamenta

Movimento pode ser encarado pela comunidade internacional como um reconhecimento tácito de que os territórios ocupados por Israel após 1967 pertencem ao país. O presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, visitará o Muro das Lamentações acompanhado pelo primeiro-ministro israelense Benjamin Netanyahu, em um movimento que representa uma quebra da política brasileira em relação aos territórios de Jerusalém Oriental considerados pela comunidade internacional como ocupados por Israel. Segundo o programa da visita de Bolsonaro a Israel divulgado pelo Itamaraty, o presidente visitará o Muro na tarde de segunda-feira (1º). O presidente brasileiro romperá com a tradição diplomática do país em relação a I

© 2016 ICEJ - EMBAIXADA CRISTÃ INTERNACIONAL DE JERUSALÉM