Bolsonaro confirmou que mudará embaixada para Jerusalém, diz Netanyahu

RIO — O presidente eleito do Brasil, Jair Bolsonaro, afirmou ao primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, que a embaixada brasileira será mesmo transferida para Jerusalém, afirmou neste domingo o chefe de governo do Estado judeu. — Bolsonaro me disse que não é uma questão de se, mas de quando — afirmou Netanyahu em encontro neste domingo com a comunidade judaica brasileira, em um hotel de Copacabana, no Rio de Janeiro. Ontem, o presidente eleito, Jair Bolsonaro, divulgou em sua conta de Twitter um vídeo de uma entrevista que concedeu no dia último dia 11 a um pastor na qual afirma que ainda está avaliando se vai transferir a embaixada do Brasil em Israel de Tel Aviv para Jerusalém, me

Israel é a terra Prometida e o Brasil, terra da Promessa.

O presidente eleito Jair Bolsonaro disse nesta sexta-feira (28/12) que Brasil e Israel devem ser "irmãos no futuro”, com parcerias em diversas áreas. "Aprofundamos mais um pouco as nossas intenções. Mais do que parcerias, queremos ser irmãos no futuro, na economia, em tecnologia, em tudo aquilo que possa trazer benefícios para os dois países”, disse. As declarações foram feitas durante um encontro com o primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, no Forte de Copacabana, no Rio de Janeiro. O primeiro-ministro veio ao Brasil para a posse do presidente eleito, na próxima terça-feira (1º). Netanyahu é o primeiro premiê de Israel em exercício a visitar o Brasil desde a fundação do Estado jud

Brasil e Israel de mãos dadas

O premiê de Israel, Benjamin Netanyahu, convidou Jair Bolsonaro (PSL) a viajar a Israel, em retribuição à visita que o chefe de governo israelense fez ao Brasil para a posse do presidente eleito em 1º de janeiro. Bolsonaro, que aceitou o convite, disse que fará a visita até março do ano que vem. Os dois líderes se encontraram nesta sexta-feira (28) no Forte de Copacabana, no Rio, horas depois do desembarque de Netanyahu na capital fluminense. Mais tarde, em evento na sinagoga, Bolsonaro chamou Netanyahu de "exemplo de patriotismo, abnegação e trabalho pelo seu povo", "um capitão como eu, mas com história de serve de exemplo para todo cidadão de bem". "Eu sempre citava o exemplo de Israel. Ol

"Deus está de volta à Nação"

O futuro ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, afirmou, em artigo publicado na revista norte-americana The New Criterion, que o Brasil está experimentando um "renascimento político e espiritual" e relacionou a eleição de Jair Bolsonaro (PSL) para o Palácio do Planalto a uma intervenção divina. O embaixador, que assumirá o cargo de chanceler a partir de 1º de janeiro e é católico praticante, escreveu um artigo de três páginas para a revista, com o título "Agora falamos". Em um texto anterior, ao jornal Gazeta do Povo, ele já havia feito críticas ao que chamou, na ocasião, de "pautas anticristãs". No início do texto à revista dos EUA, Araújo diz que "falar de Deus parece preocupar

© 2016 ICEJ - EMBAIXADA CRISTÃ INTERNACIONAL DE JERUSALÉM