Brasileiro se destaca em Israel como investidor em empresas start-ups

Um brasileiro está se destacando em Israel como um dos maiores investidores em empresas embrionárias, chamadas de start-ups. Há 12 anos morando no país israelense, o engenheiro paulista Michel Abadi criou, em 2013, com o sócio israelense Yaron Carni, a Maverick Ventures que investe de US$ 1 milhão a US$ 3 milhões em cada start-up selecionada. No momento, a Maverick tem 10 start-ups em seu portfólio, com mais duas em fase de inclusão. Diariamente, o brasileiro recebe 2 a 3 pedidos de investimento, mas escolhe apenas as iniciativas mais criativas, com inovações tecnológicas. Se você deseja ler a matéria completa, vá no link abaixo. Fonte: Folha de S. Paulo. LEIA A MATÉRIA COMPLETA: http://www1

Israel desenvolve retina biônica para deficientes visuais

A jovem empresa israelense criou uma nono retina que é o emparelhamento de eletrodos com os neurônios vivos no olho para criar visão biônica para pacientes com a visão prejudicada, em um desenvolvimento de nanotecnologia que soa mais como ficção científica, do que a vida real. A Nano Retina está operando desde 2009 na moderna cidade de Herzliya. Embora não seja a primeira no campo para desenvolver tal tecnologia, o seu avanço oferece uma melhoria de dez vezes mais na visão em comparação com os dois fornecedores de soluções de tecnologia no mercado hoje, segundo o diretor-geral da empresa, Ra’anan Gefen. Inserido na retina em um procedimento de 30 minutos, o dispositivo de implante da Nano Re

Governo Temer ao lado de Israel

A governo interino de Michel Temer não está mostrando mudanças de postura apenas no Brasil. O Itamaraty, agora comandado por José Serra, decidiu mudar o voto brasileiro na 199ª Sessão da Unesco, realizada em abril. Na ocasião, foi debatido os direitos pelo patrimônio cultural nos territórios conquistados por Israel na Guerra dos Seis Dias. O texto, que era abertamente pró-palestinos, foi aprovado por 33 votos a favor (incluindo o do Brasil). Houve ainda dezessete abstenções e duas ausências. Os votos contrários agora são sete. A França também voltou atrás neste voto. Embora seja insuficiente para mudar a decisão do órgão das Nações Unidas que cuida da cultura, a postura mostra uma ruptura c

Shavuot - A Festa das Primícias

Neste final de semana, 11 e 12, estaremos celebrando a Festa de Shavuot (Pentecostes). Esta é uma das três festas de peregrinação mencionadas na Torá, além de Páscoa (Pessach) e Sucot (Tabernáculos). Nestas festas, judeus e não judeus de todas as partes do mundo se reuniam em Jerusalém para adorar ao Deus de Abraão, Isaque e Jacó. A Festa de Shavuot é muito especial pois finalizava o final dos 50 dias de colheita e ajuntamento das primícias para serem oferecidas a Deus. Um dos principais aspectos de Shavuot era a cerimônia de apresentação desses primeiros frutos na Casa de Deus em Jerusalém, oferecendo-os aos sacerdotes e levitas. A dádiva da Torá no Monte Sinai também é associada à Festa de

© 2016 ICEJ - EMBAIXADA CRISTÃ INTERNACIONAL DE JERUSALÉM